Não use drogas que possam causar disfunção erétil

Não use drogas que possam causar disfunção erétil como efeito colateral. Se estas drogas ainda estiverem para ser tomadas, tal tratamento só deve ser realizado sob supervisão médica.

Alguns especialistas argumentam que a função sexual tem um efeito positivo em manter uma vida sexual regular, sem ter abstinência ou sobremesa muito longa.

Depois de receber lesão pélvica ou falta de ar, você deve consultar imediatamente um urologista. Tais consultas regulares são importantes para pacientes com hipertensão ou diabetes.

É importante evitar o estresse regularmente, sempre tentando ter um sono saudável. Ansiedade e depressão também devem ser corrigidas imediatamente.

A IMPOTÊNCIA PODE SER UMA INDICAÇÃO DE SÉRIOS PROBLEMAS DE SAÚDE!

Se você cuida da vida sexual ativa e resolve problemas que afetam a qualidade da vida sexual, isso pode salvar sua vida. Problemas com a ereção, por exemplo, podem ser um indicador de problemas de saúde perigosos!

Embora poucos estudos sugiram que a vida sexual saudável melhore a qualidade de vida, por outro lado, existem alguns estudos que mostram que os problemas sexuais ou as distâncias emocionais entre os parceiros têm um impacto negativo na saúde, especialmente na saúde dos homens no secundário. anos de suas vidas. Além disso, alguns problemas sexuais, como a disfunção erétil, podem ser uma indicação de outros problemas de saúde ocultos que também podem ser extremamente perigosos. A disfunção erétil pode ser um sinal de problemas na circulação sanguínea e pode sugerir que nas paredes internas das veias acumulam resíduos que entopem as veias e aumentam o risco de derrame!

Disfunção erétil como sinal de alerta ou conseqüência

A maioria dos problemas de ereção se origina de má circulação e é um indicador ou um dos primeiros sinais de doença cardiovascular. As causas da disfunção erétil podem ser:

– doenças do coração

– aterosclerose

– aumento mau colesterol

– pressão arterial elevada

– diabetes

– obesidade

– síndrome metabólica ou metabólica, que inclui a tensão arterial elevada, níveis elevados de insulina, a acumulação de gordura na cintura e colesterol elevado, e aumenta significativamente o risco de doença cardiovascular aterosclerótica doença

– doença de Parkinson

– esclerose múltipla

– um baixo nível de testosterona

– a doença de Peyronie

– certos medicamentos prescritos

– o uso de produtos de tabaco, álcool ou outras substâncias nocivas

You may also like